Imprimir

Organização Partidária

ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA

 

Cláudio Roberto da Silva (Administrador, Consultor Organizacional)

 

O Partido Democrático Trabalhista, de acordo com o seu programa e princípios, projeta o rumo alternativo para o Brasil. Contudo para alcançá-lo é necessário ajustes internos, onde existem distorções.

 Propostas não faltam e se repetem de forma monótona em relação à organização e reforma interna do Partido, embora se observe a ausência de interesse para efetivar o que se impõem.

 A ação interna requer da administração superior do Partido uma postura democrática arrojada, baseada na solidariedade e adequada aos tempos atuais, mais livre e consciente dos direitos, dos deveres e das responsabilidades, mais militante, mais atenta a valorização das novas lideranças. A nova postura deve ser mais generosa com os companheiros.

 A organização interna do Partido precisa iniciar pelo Cadastro Eletrônico Único, atualizado e acessível, sem “donos” ou “proprietários”. Não pode continuar como nas prévias de 2000: quantos filiados não conseguiram votar, porque não constavam na “lista” nem poderia ter acontecido um militante, pré-candidato, provando à direção do Partido a sua filiação, com certidão do TRE. São situações vergonhosas e demonstração da desorganização do Partido.

 A organização partidária precisa mobilizar e harmonizar o trabalho das assessorias de imprensa, em todas as instancias do Partido, para que mantenham, de forma organizada, os dados e as informações políticas, com destaque na mídia, para sustentar as discussões eleitorais dos nossos candidatos. Não é possível que, a cada eleição, faltem informações e dados sobre as nossas realizações e o desgoverno dos nossos adversários. Em recente divulgação do Partido, durante um simpósio para prefeitos e vereadores, as realizações do Governo Collares foram esquecidas, inclusive os projetos para pequenos agricultores como a operação Troca-Troca e os Condomínios Rurais, projetos de grande repercussão sociais e econômicas com reconhecimento nacional e internacional.

 A organização do PDT precisa incluir também a revisão do relacionamento interno, com predominância das questões éticas, para que, as divergências entre companheiros sejam resolvidas no âmbito partidário e nunca ultrapassem as questões doutrinárias.

 Na área técnico-administrativa é necessária uma reforma capaz de transformar a atual estrutura em um sistema moderno e ajustado a novas formas de relacionamento com os meios de comunicação, onde a linguagem independente seja coerente e unitária do ponto de vista estratégico.

 A reforma deve estimular a formação de grupos diferenciados quanto ao método (objetivo e finalidade), para que se criem alternativas de ação política e desanimar a formação de grupos com interesse meramente eleitoral. O mandato popular deve manter o exercício dos direitos políticos, pela discussão das medidas governamentais com os filiados. O planejamento sistemático revelará a identidade global e o interesse comum do PDT.

 De forma concreta são necessidades imediatas:

 1 – A representatividade e a atuação dos companheiros detentores ou não de mandato eletivo, sejam permanentemente legitimada pelo diálogo e consulta aos filiados, como forma de reconhecer e apoiar a investidura pelo partido;

 2 – A implantação e manutenção do cadastro eletrônico único e atualizado, para identificar, localizar e estabelecer o relacionamento com os filiados;

 3 – Uma estratégia de relacionamento, com os meios de comunicação, através de assessorias de comunicação credenciadas para uniformizar a linguagem;

 4 – O planejamento estratégico logístico de marketing unificado para todos os níveis de candidaturas do legislativo, e expansão político-partidária; bem como, manter em banco de dados as informações geopolíticas de interesse eleitoral.

 ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA REFORMA OU CONSCIÊNCIA SÓCIO-POLÍTICA, precisamos estar atentos, seja no pensamento, no agir e no exercitar, para que possamos alcançar o desprendimento pessoal sócio-democrático, indo ao encontro do grupo chamado de Partido Democrático Trabalhista – PDT, dando as condições necessárias ao rumo alternativo para o nosso Brasil.

Comente:

Afonso Motta

Afonso Motta

Ciro Simoni

Ciro Simoni

Eduardo Loureiro

Eduardo Loureiro

Enio Bacci

Enio Bacci

Gilmar Sossella

Gilmar Sossella

Juliana Brizola

Juliana Brizola

Marlon Santos

Marlon Santos

Pompeo de Mattos

Pompeo de Mattos

Vinicius Ribeiro

Vinicius Ribeiro

Prev Next
<
PDT RS
http://www.pdtrs.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/manchetes.capa2gk-is-1.jpglink
http://www.pdtrs.org.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/manchetes.178gk-is-1.jpglink
  • Noticias
  • Artigos
  • PDT RS
  • Movimentos Sociais
  • Jurídico
  • Contato
  • Convenções 2017
next
prev