Diretório Estadual do Rio Grande do Sul

 

christopher goulart

Chegamos ao final de um ano, traçando novas metas, novos planos para o tão esperado ano próximo. Sempre acreditei plenamente na capacidade de autocrítica, partindo da premissa elementar de que antes de apontar o dedo para o próximo, melhor olhar para si próprio. Eis a razão que, nesta ocasião especial, grifo a frase de Mahatma Gandhi: "Seja a mudança que você quer ver no mundo".

A democracia não é um regime de concessões, mas sim de conquistas.

 

Considerando a intensa crise de valores, falando agora sobre tudo e todos os atores que têm relação com a vida pública, faço desde já um apontamento. Faz algum tempo venho compreendendo a idéia de que a festejada cultura do "Super-herói", o homem ou a mulher forte que reprime a própria sensibilidade pessoal e social, em nome de uma falsa propaganda de fortaleza, em detrimento de uma leitura humana das circunstâncias que nos envolvem, não mais tem razão de existir.

Naturalmente toda forma de embate exige a presença de firmes convicções, permanentemente insubstituíveis na vida pública. A democracia não é um regime de concessões, mas sim de conquistas. Ocorre que o desgaste verificado, distanciando radicalmente os representados dos representantes, a meu ver, só será revertido quando os próprios representantes calçarem a sandália da humildade, demonstrando na prática a condição de simples empregados do povo.

Bem sabemos que vaidade também é um princípio de corrupção. Sugiro que a solução da crise de confiança que liquida perigosamente com o valor de democracia passe diretamente pela iniciativa dos políticos ao encontro de uma postura oposta à prática do velho coronelismo, das oligarquias e dos falidos super-heróis em eminência de serem fulminados pelas urnas.

Uma nova atitude dentro do marco do regime democrático, rejeitando os políticos sem causa, abatendo os super-heróis, despachantes de luxo da burocracia viciada, construindo uma nova forma de comunicação com a sociedade. Como representante de uma nova geração de políticos, apresento a contribuição no sentido de que nada de diferente pode acontecer se não tomarmos algumas medidas apenas perceptíveis ao desvendarmos o véu da arrogância.

Christopher Goulart - Advogado e primeiro suplente de Senador.

Porto Alegre
Leia aqui as noticias de Porto Alegre

Seminário Interativo traz especialistas para falar sobre Bullying, Justiça Restaurativa e Suicídio

arrow_forward

Câmara celebra os 58 anos da Associação dos Delegados de Polícia

arrow_forward

Mobilização em Defesa do DMAE marca a Semana da Água em Porto Alegre

arrow_forward

Vereadores analisam situação das mães presidiárias

arrow_forward

Mauro Zacher cria Frente Parlamentar em defesa do sistema de abastacimento de água de Porto Alegre

arrow_forward
Diretório Metropolitano e Câmara de Vereadores