juliana brizola

Durante anos, em meio ao desenvolvimento do processo educacional, a premissa para os gestores públicos sempre foi a mesma: garantir o acesso à educação e a qualidade do ensino. A busca dessas duas estruturas pode ser identificada nas gestões Brizola.

Quando prefeito de Porto Alegre e quando governador do RS, construiu mais de 6 mil escolas e contratou mais de 42 mil professores, garantindo que nenhuma criança ficasse sem acesso à educação. Como governador do RJ, projetou e construiu, junto a Darcy Ribeiro, as Escolas de Tempo Integral, proporcionando uma educação inclusiva e transformadora.

Com o processo de isolamento social, voltamos a discutir o acesso à educação. A internet e os smartphones passaram a ser noticiados como meios para garantir a oferta do ensino de forma remota. Parcerias com operadoras, a fim de disponibilizar internet sem custo e a oferta de celulares foram as medidas anunciadas pelos gestores. Porém, continuamos com grande volume de estudantes sem acesso ao ensino.

Apresentei, à Assembleia Legislativa, PL que prevê a utilização da TVE e a FM Cultura como instrumentos de acesso à educação. No entanto, mesmo em tempos de pandemia, a proposição segue estagnada no Parlamento.

A televisão e o rádio são tecnologias mais próximas da vida das pessoas, em especial, àquelas com menor poder aquisitivo. O presente projeto não exclui a proposta do governo, mas, sim, tem o intuito de somar.

Recentemente, o governador Eduardo Leite e o apresentador Luciano Huck anunciaram plataforma para suprir a carência dos alunos do terceiro ano. O projeto vem bem, mas, por nossas crianças, podemos mais, podemos ir além. Isto é, nenhum estudante pode ficar sem acesso.

Não podemos deixar passar a oportunidade de ofertar, de forma rápida e eficaz, educação a todos os lares gaúchos, dividindo, na programação, os níveis e séries de aprendizado. Tudo isso está em nossas mãos. Afinal, a TVE e a FM Cultura são de todos nós. Precisamos, urgentemente, dizer um sim para a educação.

Juliana Brizola
Líder da Bancada do PDT na Assembleia/RS

 

briza

 

Pedetistas realizarão ato online para marcar 16 anos sem Brizola

No próximo domingo (21), às 17 horas, a deputada estadual Juliana Brizola (PDT/RS), juntamente da direção nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), realizará um grande ato online para marcar os 16 anos de falecimento do ex-governador Leonel de Moura Brizola.

A homenagem, intitulada de “Obrigado, Brizola”, será conduzida, ao vivo, pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, pelo ex-ministro Ciro Gomes e pela própria parlamentar, neta de Brizola.

O ato, que será transmitido pela página facebook.com/BrizolaJuliana12, também contará com a participação de senadores, deputados, artistas, jornalistas, escritores, cantores e familiares do líder trabalhista.  

É de praxe, todo dia 21 de junho, que os pedetistas visitem o município de São Borja, no Rio Grande do Sul, para realizarem suas homenagens no jazigo do ex-governador. Em razão da pandemia e para segurança de todos, realizarão as saudações de suas casas.

Segundo a deputada Juliana Brizola, é muito importante que a data não passe em branco: “Todos os anos, vou a São Borja realizar minha homenagem e fazer a minha prece, sempre volto de lá motivada e reenergizada. Neste momento de crise, precisamos seguir as recomendações dos órgãos de saúde, evitar aglomerações e defender a vida das pessoas. Mas não poderíamos deixar essa data passar em branco, ainda mais no atual momento em que todos evocam seu nome e seus ensinamentos. O ato promete ser muito emocionante e trará consigo várias surpresas”.

 

conferencia

Nos dias 17 e 18 de outubro, a Coordenadoria da Bancada do PDT na Assembleia Legislativa do RS, por intermédio de sua líder, Deputada Estadual Juliana Brizola (PDT), realizará, no Auditório da Faculdade de Economia da UFRGS (Universidade Federal do Estado do Rio Grande do Sul), a I Conferência Nacional de Educação/RS. O referido evento tem por finalidade aprofundar ações educacionais públicas no país, no âmbito municipal, estadual e nacional sob a ótica do trabalhismo: linha filosófica, ideológica e política do Brasil.

O encontro contará com a presença do Ex-Secretário Estadual de Educação do Ceará, Idilvan Alencar; com a Ex-Secretária de Educação do Rio de Janeiro, Lia Faria; com o atual Secretário Municipal de Educação de Sobral (CE), Herbert Lima; com o historiador Juremir Machado da Silva; com o Ex-Ministro do Trabalho, Brizola Neto; com o Ex-Governador do Ceará e Ex-Ministro da Fazenda, Ciro Gomes e com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Para maiores informações e inscrição, acesse o link do evento: http://bit.ly/ConferenciaNacionalEducacao

 

JULIANA BRIZOLA 696x464

Líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Juliana Brizola protocolou um projeto de lei que visa estabelecer a utilização do sinal aberto da rádio FM Cultura e da TVE, respectivamente, para veicular conteúdo educacional durante o período de isolamento social decorrente da Covid-19.

A deputada protocolou o texto nessa segunda-feira. Desde 19 de março, as atividades escolares foram suspensas para frear o contágio do coronavírus. Hoje, o governador Eduardo Leite já confirmou que o calendário letivo não vai ser retomado em 4 de maio, como previa um decreto estadual em vigor. “As aulas não voltarão na segunda-feira”, esclareceu.

Juliana Brizola explica ter recebido inúmeros relatos de pais e alunos de que não há um plano coordenado pela Secretaria de Educação para propiciar o ensino à distância aos estudantes. Na prática, a deputada adverte que as escolas vêm desempenhando atividades sem supervisão e amparo pedagógico.

“É de suma importância que a Secretaria de Educação, utilizando-se dos mecanismos do Estado, organize uma grade curricular que leve em conta série e conteúdo programático e a distribua na programação de rádio e televisão, no decorrer da semana, promovendo meios para que o ensino à distância seja acessado ou, ao menos, esteja disponível a todos os alunos da rede pública”, justifica.

Para Juliana, além da rede mundial de computadores, que necessita do acesso à internet, a utilização de um sinal aberto é mais um mecanismo para fazer com que o acesso à educação chegue a todos, uma vez que existem aparelhos de rádio e TV em grande maioria dos lares.

A matéria encabeçada pela pedetista no Legislativo já é discutida internamente entre integrantes do governo ligados às pasta da Educação e da Comunicação.

Ontem, o deputado Gabriel Souza (MDB) já havia protocolado um texto exigindo que o Executivo apresente um plano de recuperação do calendário letivo.

 

juliana Tulio Gadelha

Nesta terça-feira (23), o deputado federal Túlio Gadelha (PDT/PE) acompanhou a deputada estadual Juliana Brizola (PDT/RS) a uma série de agendas na Capital gaúcha, a fim de dialogar com a juventude, bem como conhecer as demandas e principais pautas educacionais e culturais que envolvem a população de Porto Alegre. 

Ao meio dia, os deputados visitaram o Mercado Público de Porto Alegre, onde dialogaram, de perto, com a população que passava pelo Centro Histórico. Logo após, ambos reuniram-se com a ASCOMEPC, Associação dos Permissionários do Mercado Público, que movimenta o comércio local. Na ocasião, foi debatida a possível privatização do Mercado, patrimônio histórico da cidade, que vem sendo proposta pelo atual governo municipal. Túlio e Juliana firmaram compromisso na luta contra a privatização do Mercado e trabalharão para dar visibilidade à pauta. 

No final da tarde, os parlamentares participaram de uma roda de conversa com estudantes, na sede da Umespa, onde ouviram os anseios dos jovens e a realidade da educação de Porto Alegre. E, por fim, a agenda foi finalizada no Espaço Cultural 512, na Cidade Baixa, juntamente da posse da nova executiva da Juventude do PDT. 

 

Mariana Ramos

Página 1 de 3