JUL DSC 0885 1

A deputada Juliana Brizola (PDT) protocolou, nesta quinta-feira (24), Projeto de Emenda à Constituição que busca a garantia legal de estabelecer, no dia 1º de março de cada ano, a data oficial para reivindicação salarial dos servidores do Rio Grande do Sul, bem como a negociação coletiva.

Após protocolado na presidência da Assembleia Legislativa, a discussão sobre o projeto foi pauta em evento com a presença do ex-ministro Ciro Gomes, realizado no Teatro Dante Barone. Na ocasião, o pré-candidato à presidência da república pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) participou do debate “1ª Jornada em Defesa do Serviço Público - O Brasil que a gente que a gente precisa” na presença de mais de 700 pessoas, onde criticou o governo Sartori e defendeu o funcionalismo público, sobretudo, o projeto proposto pela deputada Juliana Brizola.

Ciro afirmou que a fixação de uma data-base para reajustar o salário dos servidores públicos, conforme propõe Juliana, vai evitar a multiplicação de greves descentralizadas, reunindo todas as reivindicações na mesma ocasião: "Isso vai facilitar a administração do governador, pois vai poder fazer uma única reunião para negociar a reposição. E vai evitar que um gestor deixe dívidas para o próximo", arrematou.

Para a parlamentar, “dada a situação constrangedora de gestão do atual governo, a PEC da Data Base se faz de extrema importância no combate às desigualdades existentes e sucateamento dos trabalhadores”. Desde que o pacote Sartori chegou à Assembleia Legislativa, Juliana Brizola tornou-se grande opositora no cenário, tecendo fortes críticas à atual gestão.

Foto: Evandro Leal