Marlon Santos quer ações que beneficiem a população e respeitem o movimento dos caminhoneiros
 

Marlon santos 231758 G
O presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Marlon Santos (PDT), tem participado, nos últimos dias, de reuniões com parlamentares e Executivo a fim de buscar acertos que, de fato, tragam resultados positivos para a população e respeitem todo o esforço dedicado pelo movimento dos caminhoneiros.
Nesta terça-feira (29), o presidente esteve, com mais dezesseis parlamentares, no Gabinete de Crise criado pelo governo do Estado para monitorar e buscar soluções diante do movimento dos caminhoneiros. Neste encontro, os deputados escutaram o vice-governador José Paulo Cairoli relatar as ações que têm sido executadas e as expectativas para os próximos dias.
Marlon, ao término da reunião, no Gabinete de Crise, comunicou que estaria no Comando Militar Sul (CMS) na parte da tarde. Acompanhado dos deputados Ronaldo Santini (PTB), Bombeiro Bianchini (PR) e João Fischer (PP), no CMS, ele pode compreender melhor como o Exército Brasileiro está tratando as manifestações.
O presidente disse que ficou claro que o que está acontecendo por parte dos órgãos responsáveis é somente a garantia ao abastecimento de setores essenciais a vida. Sendo muito comentado sobre intervenção militar, Marlon disse que este plano é descartado. “A leitura que o Comando faz é dar suporte para proporcionar agilidade aos transportes de necessidade como medicamentos e alimentos, assim como controlar a segurança para que isso se efetive, mas sem mais do que isso”, conclui.
Preocupação
Marlon tem mostrado preocupação em relação a imagem que pode ser construída a partir de agora em relação ao movimento dos caminhoneiros, que, segundo ele, é um movimento “pautado pelo bom senso, que produziu efeitos espetaculares e desacomodou o Brasil”.
Para o presidente, o governo federal está aguardando a sociedade atingida se irritar com o movimento para colocar a culpa toda nesta ação que até então é pacífica e ordeira, mas que pode transformar o herói em vilão. Marlon acredita que “o momento é de apaziguar”.
Reunião extraordinária
A mobilização por parte dos parlamentares gaúchos ficou mais evidente na última sexta-feira (25), quando o presidente realizou uma reunião extraordinária com os parlamentares integrantes da Mesa Direta. Durante a reunião, receberam o vice-governador José Paulo Cairolli para entrega de conjunto de encaminhamentos e posicionamentos em relação ao movimento dos caminhoneiros no Estado.
*Com informações da assessoria da Presidência.