PDT RS

Diretório Estadual do Rio Grande do Sul

Próximos eventos

Nenhum evento encontrado

Eleições 2018 Clique para acessar as informações

CAX dc1a01e3 a30d 4681 9ec3 6660a330ecc0

CONSTRUÇÕES DO PDT DE 1982 ATÉ 2016

CAXIAS DO SUL ESTA REFLETINDO. E AGORA EM 2018?

 Em 1979 surgia o PDT, que herdava o teor ideológico trabalhista de Getúlio Vargas, Leonel Brizola, Pasqualini, Jango, Darcy Ribeiro, Abdias do Nascimento e outros Guerreiros do Povo Brasileiro. Algumas curiosidades de 1982: As eleições foram majoritárias e proporcionais aos municípios, estados e federação. Em Caxias do Sul, dos 122.701 eleitores aptos, 113.158 votaram. Eleições majoritárias com três candidatos a prefeito pelo PDT, fizemos 19.051 votos. Entre os quatro Vereadores eleitos, Rachel Grazziotin foi à primeira vereadora eleita pelo PDT e a segunda foi, Rosane Hambsch em 1988. O eleitorado brasileiro conhece em 1982 o PDT e seus guerreiros, entre eles o líder trabalhista, o sempre Governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola é eleito Governador no Rio de Janeiro, elegendo 23 Deputados Federais e 36 Estaduais, todos do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Concorreram pelo PDT a Deputado Federal, de 1982 até 2014, com domicílio em Caxias do Sul: Nadir Rossetti (1982-1986), Bruno Segala e Quirino Zigno (1990), Mansueto Serafini (1994), Mario Grazziotin (1998), Alceu Barbosa (2002), Vinicius Ribeiro (2006), Kalil Sehbe (2010), Washington (2014). Nadir Rossetti em 1982 foi o sexto de sete Deputados Federais eleitos pelo PDT Gaúcho. O primeiro e único Deputado Federal com domicílio eleitoral no PDT de Caxias do Sul. 

Concorreram pelo PDT a Deputados Estaduais de 1982 até 2014, com domicílio em Caxias do Sul: Regis Prestes (1982), Adilcio Cadorin (1982 e 1986), Mario Grazziotin (1990), Festugatto (1994), Kalil Sehbe (1994, 1998, 2002, 2006 e 2014) Gustavo Toigo (2006), Alceu Barbosa (2010), Vinicius Ribeiro (2010 e 2014) e Jaison Barbosa (2014).

Kalil Sehbe Neto, o primeiro Deputado Estadual Pedetista caxiense. Kalil foi Deputado Estadual três vezes consecutivas e só deixou a Assembleia Gaúcha para concorrer a Deputado Federal em 2010 e fez 43.525 votos no RS e 10.097 votos em Caxias do Sul, o 5° mais votado do PDT no RS, ficou com a segunda suplência. A Coordenadoria regional fez indicação de Kalil à suplência de senador. Kalil foi Vereador, Deputado Estadual, candidato a Prefeito e Deputado Federal, também foi Secretário Estadual.

Alceu Barbosa é o segundo Deputado Estadual caxiense, eleito em 2010. A soma de seus 33.157 votos em Caxias do Sul, com os 23.559 de Vinícius Ribeiro e mais os votos da legenda, atingimos mais de 60.000 votos, que abriram as condições para estarmos com cabeça de chapa nas majoritárias de 2012. Nosso Vice Prefeito Alceu é eleito a estadual. Surgia à equalização para termos o primeiro prefeito Pedetista de Caxias do Sul. Foram 137.689 votos nas eleições majoritárias de 2012, e nela se somaram a nosso caráter ideológico, os louros da nossa influência Pedetista nas boas gestões de 2005 a 2008 e 2009 a 2012.

Vinícius Ribeiro (Ficou 3° suplente, vira titular com as vitórias a prefeito de, Paulo Azeredo e Alceu Barbosa nas majoritárias) em 2014 faz 17975 votos em Caxias do Sul e 29.565 no RS, que nos proporciona a segunda suplência. O PDT que elegeu oito estaduais tem o primeiro suplente federal Washington. O apoio ao Governo Sartori, com a queda de Basegio e transferência de parlamentares ao executivo, Vinícius assume em 2015 até nossa saída do Governo estadual em Abril de 2017.

Prefeito Alceu não concorre EM 2016, contrário as reeleições no poder executivo. As boas gestões possibilitavam um nome que agregasse a base de sustentação do governo Alceu. Edson Nespolo da confiança do PDT é chamado a luta, mesmo fora de combate desde que foi Vereador nas legislaturas de 1992 e 1996, aceita o desafio, numa disputa que éramos o governo municipal. Um período que a crise marolinha se transformava em grande onda, virava tsunami, era preciso sermos responsáveis e assumir “cortes em obras” que a muito não eram necessários, para investir no atendimento na saúde e na educação. A vitória precisava ser no primeiro turno, igual em 2012 com 137.689 votos. O governo estadual e federal não cumpriam o básico e a tendência era um 2017 de contínua recessão. Fizemos 102.044 votos, que já deixava exposta a visão e divisão do PMDB, que se ampliou no 2º turno com o PT, apoiar um PDT que crescia desde 2006 com PSB e PTB?

Os 87.996 votos do segundo turno em 2016, são a soma dos votos ideológicos trabalhistas caxienses, dos nossos simpatizantes, são daqueles que interpretaram o esforço por politicas públicas construtivas, sinceras com nossos princípios sociais e humanos.

De 1982 a 2016 o eleitorado cresceu em Caxias do Sul 142%, de 122.701 eleitores aptos em 1982, já são em 2016, 293.417 eleitores aptos. Nas eleições municipais elegemos 32 Vereadores: (1982-4), (1988-4), (1992-4), (1996-3), (2000-3), (2004-2), (2008-3), (2012-5), (2016-4). Dois Vices Prefeitos e um Prefeito. Analisaremos em outro momento, mas quando o PDT cresce em Caxias, o PT diminui e o inverso tem sido verdadeiro. 

Equalizar nossas tendências, respeitando, honrando e fortalecendo nossos trabalhistas caxienses que já levantaram e ou, se disponibilizam a levantarem as bandeiras do PDT a nível municipal, estadual e federal pode ser nosso diferencial, nossa amplitude Caxiense transborda na região e tem facilitado a conquista de nossos desafios estaduais e federais. Desafios que podem serem amenizados se não tratados com personalismo. Os frutos estão ai expostos, e já está provado o nosso crescimento.

O PDT Nacional, Estadual e Municipal não carregam manchas da corrupção, em Caxias do Sul estivemos em três mandatos e carregamos este diferencial. Nossas bases reconhecem nossa seriedade com a coisa pública, mas entendem que isto é o óbvio e clamam compromissos com as bandeiras históricas. Não é possível elegermos um trabalhista para retirar direitos trabalhistas construídos com muita luta. Nossos parlamentares precisam perguntar as “nossas” bases, o que elas pensam antes e depois das eleições. É preciso o compromisso com o POVO, COM O PDT que tem nos seus princípios as ferramentas para a defesa do NOSSO POVO. O texto do manifesto de criação do nosso Partido nos orienta: “O nosso Trabalhismo coloca a Democracia como o mais alto valor e a considera o ambiente natural em que podem frutificar os nossos ideais trabalhistas. Nosso nome e nossa sigla expressam o nosso compromisso básico e fundamental.”

 

Votações candidatos Federais e Estaduais Caxias do Sul 1982 até 2014

CAX graf1

Em 2014 no PCdoB Rafael Bueno concorre a Estadual e fez 6101 votos, 5192 em Caxias do Sul. Hoje Vereador Líder da Bancada Pedetista.

CAX graf2

Porto Alegre
Leia aqui as noticias de Porto Alegre

Seminário Interativo traz especialistas para falar sobre Bullying, Justiça Restaurativa e Suicídio

arrow_forward

Câmara celebra os 58 anos da Associação dos Delegados de Polícia

arrow_forward

Mobilização em Defesa do DMAE marca a Semana da Água em Porto Alegre

arrow_forward

Vereadores analisam situação das mães presidiárias

arrow_forward

Mauro Zacher cria Frente Parlamentar em defesa do sistema de abastacimento de água de Porto Alegre

arrow_forward
Diretório Metropolitano e Câmara de Vereadores