Juventude Socialista

Um não rotundo!

 

JS PDT RS

 MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE E REPÚDIO

A Juventude Socialista/PDT do Rio Grande do Sul, reunida em Porto Alegre por ocasião do seu XVII Congresso Estadual, vem a público manifestar solidariedade à Deputada Estadual Juliana Brizola, ex-presidente da JS/PDT-RS, pelos injustificáveis ataques machistas e misóginos que recebeu de um integrante da Direção Nacional do PDT, através das redes sociais.

A covarde e inaceitável agressão sofrida pela companheira Juliana atinge todas as mulheres, pedetistas ou não, mancha a história do nosso Partido e reforça a necessidade de que o PDT siga sendo vanguarda na luta pela desconstrução do machismo, pelo fim de todos os tipos de violência e pela igualdade de direitos.

Por fim, repudiamos as inaceitáveis manifestações deste cidadão e solicitamos, à Direção Nacional do PDT, punição exemplar nos termos do Estatuto Partidário.

 

 

 

Porto Alegre, 24 de março de 2018.

Tiano Caduri

Presidente Estadual

JS/PDT - Rio Grande do Sul

XVII CONJUS

A Juventude Socialista do PDT elegeu neste sábado (24) em seu XVII Congresso Estadual sua nova diretoria gaúcha. Tiano Caduri, de Alvorada, com 26 anos, ocupa a presidência que nos últimos 9 anos esteve a cargo de João Henrique Cella.

O congresso, realizado na sede do Partido em Porto Alegre, contou com a presença de representantes partidários, como o pré-candidato ao governo do estado, Jairo Jorge, e os pré-candidatos a deputado federal Sergio Arnoud e Bianca Bertolluci e os pré-candidatos a deputado estadual Marcus Cunha e Flavio Berneiras.

Também estiveram presentes os deputados estaduais Gilmar Sossella e Juliana Brizola.

Os jovens trabalhistas também realizaram uma caminhada simbólica em protesto contra a reforma da previdência e ao governo Temer.

Confira a nominata da chapa eleita:

Presidente - Tiano Caduri

Vice-Presidente - Felipe Garrai

1º vice-presidente - Nicolas Xavier

2º vice-presidente - Thallya Scariot

3° vice-presidente - Gustavo Ryden

4º vice-presidente - Lucas Lacerda

Secretário geral - Douglas Rafael Duarte

1ª secretária - Carolina Schwertz

2º secretário - Fábio Melo

3ª secretária - Caroline Diniz

Tesoureira - Gabriela Rosa Corso

1ª tesoureira - Nata Goulart

2º tesoureiro - Douglas Almeida

3ª tesoureira - Eliara Ramos

Secretária de Formação Política - Gabriela Azevedo

Secretária de Movimento Estudantil - Letícia Moreira

Secretário de Núcleos de Base - Luciano Zini

Secretário de Comunicação - Douglas Dutra

Secretária de Gênero, Diversidade e Raça - Vanessa Martins

Secretária de Mobilização - Tabata Bertoldo

Secretário de Assuntos Legislativos - Jonathan Duarte

Secretário de Políticas Públicas de Juventude - Junyor Molossi

Secretária de Relações Institucionais - Victoria Campos

Secretária de Cultura - Luany Possebom

Secretária de Movimentos Sociais - Alessandra Ribas

Secretário de Assuntos Indígenas - Jhonathan

Secretária de Sustentabilidade - Eduarda Aresi

Assessoria Jurídica - Fidel Perini

Cartaz Conjus XVII

A Juventude Socialista do PDT RS realiza seu Congresso Estadual dia 24/03 das 09 as 18:00 na Sede Estadual do partido. 

O CONJUS/RS tem como um dos objetivos renovar a direção do órgão de ponta e prepará-lo para os novos desafios que se avizinham no ano de 2018.

O evento contará com as presenças do presidente estadual Pompeo de Mattos, do pré candidato ao governo do Estado Jairo Jorge e inúmeras lideranças nacionais, estaduais e municipais do PDT.

 

XVII CONGRESSO ESTADUAL

UM NÃO ROTUNDO!

Juventude Socialista

Rio Grande do Sul


Programação:

09h00min - Abertura do Credenciamento/Abertura do Processo Eleitoral

9h30min - Ato Político de Abertura e abertura dos Trabalhos

Presidente Estadual: Pompeo de Mattos;

Pré- Candidato ao Governo do Estado, Jairo Jorge

Deputados Federais e Estaduais;

Prefeitos, Vice-Prefeitos e Vereadores;

Membros da Direção Estadual;

12h – Almoço e caminhada contra a reforma da previdência!

13h30min – Palestra: Alternativas para equilibrar as finanças e recuperar a capacidade de investimento do Estado do Rio Grande Do Sul - Diretor de Comunicação e Integração Social do SINDIFÍSCO - RS Sr. Christian de Azevedo.
14h30min - Abertura dos Grupos de Trabalhos.

Movimento Estudantil:

Conjuntura Estadual e Nacional

Redes Sociais e Empoderamento Feminino.

Organização Interna da JSPDT/RS e Núcleos de Base,


17h:00min – Leitura, discussão e aprovação das teses dos Grupos de Trabalho.
17h:30min – Tribunal Livre.

18h00min – Ato de Enceramento e Posse de Novo Diretório e Direção.

verao com vida

Ações ocorrerão, entre 12 a 14 de janeiro, nas cidades de Tramandaí e Capão da Canoa

Brasília, 25/10/2017 – A Juventude Socialista (JS) do Rio Grande do Sul reuniu lideranças na cidade de Osório, na última segunda-feira (23), para planejar a 14ª edição do ‘Verão com Vida’. O projeto socioambiental será realizado, entre 12 a 14 de janeiro de 2018, nas cidades de Tramandaí e Capão da Canoa.

Liderada pelo presidente estadual da JS, João Henrique Cella, o encontro permitiu a estruturação do plano de ação a partir das contribuições de representantes das direções municipais de Porto Alegre, Osório, Tramandaí, Soledade, Alvorada, Santa Maria e Novo Hamburgo.

“Juntos, seguimos fazendo a diferença no Rio Grande. O PDT tem história e protagonismo para mudar a realidade do nosso país. Chegaremos ainda mais fortes, em 2018, com o apoio da militância dos jovens”, comentou Cella.

Idealizada, em 2004, na gestão do então presidente do movimento em Porto Alegre, Luizinho Martins, a iniciativa movimenta o litoral gaúcho e intensifica a formação dos militantes não só para a política, mas também para a ambiental a partir da conscientização sobre o descarte adequado do lixo.

Além dos debates promovidos com centenas de jovens, os pedetistas também fazem a distribuição de sacolas de lixo biodegradáveis para banhistas oriundos não só do estado, mas também de todas as regiões do Brasil e de países da América Latina, principalmente.

JS rs 01

Em Pelotas, o presidente estadual da JSPDT/RS, junto com o Tesoureiro Marcel Figueiredo e o Secretário de Movimento Estudantil Universitário Douglas Rafael, acompanharam o encontro preparatório junto com o Pré-Candidato ao Governo do Estado Jairo Jorge que expôs sua proposta de plano de governo para os companheiros da região da Costa Doce e Zona Sul.

Na outra agenda os Companheiros Tiano Caduri, secretario geral da JSPDT/RS e Fábio Melo Secretario de Assuntos Legislativos prestigiaram o jantar de posse da nova excutiva da Flores da Cunha, junto com os companheiros da Juventude de Caxias do Sul e Flores da cunha e Porto Alegre.

JS rs 02

É pra lutar é pra vencer é Juventude Socialista PDT!

#BrizolaVive
#RumoaoPlanalto
#RumoaoPiratini

JS RS conressoeldorado

No último sábado dia 5 de agosto os membros da Direção Estadual da JSPDT/RS, Tiano Caduri, Secretário Geral e João Henrique Cella, Presidente Estadual, participaram do 1° Congresso Estadual - REBELDIA TEM NOME - JUVENTUDE SOCIALISTA.

Na oportunidade foi debatido a conquista de espaços dentro do partido onde, possamos renovar a estrutura partidária e também a participação da Juventude no processo social e dos movimentos sociais.

O congresso foi realizado pela comissão provisória da JS/Eldorado do Sul, que é presidia pelo companheiro, Roges Almeida e contou com apoio do PDT municipal e todos filiados da Juventude Socialista do município.


Saudações Trabalhistas.


#JSemMovimento#BrizolaVive.

 Quadro 307835 960 720

Nos últimos anos temos acompanhado uma verdadeira crise na educação pública estadual. Governos entram e saem mas não pagam o piso dos professores. Atualmente, o desgoverno Sartori/PMDB piora a situação parcelando salários; o que é um verdadeiro crime contra os servidores. Mas ao estudarmos a história do RS é possível perceber que nem sempre foi assim. O governo de Leonel Brizola, de 1959 a 1962, é a prova de que quando um governante está realmente preocupado em resolver os problemas ele resolve.

 

No início dos anos 1950 as condições infra-estruturais do Rio Grande do Sul não dão conta da intensa urbanização. A indústria cresce, e com ela as regiões metropolitanas das principais cidades gaúchas. Mesmo assim, nestas regiões ainda há deficiência na questão de energia, vital para manter ativas as indústrias, nos transportes, para escoamento de mercadorias e no saneamento básico.

Na educação pública da época, 80% das vagas do ensino básico são de escolas da rede estadual. E a evasão escolar crescia nas séries iniciais, tanto nas zonas urbanas quanto nas rurais.

Leonel Brizola ganhou as eleições de 1958 com uma considerável margem de votos. Sua polêmica aliança com o partido herdeiro do Integralismo (o PRP – Partido de Representação Popular; fundado por Plínio Salgado) deu-lhe os votos necessários para vencer o candidato da aliança conservadora (PSD, UDN, PL), Walter Perachi Barcellos. Ainda na campanha eleitoral, Brizola já tinha um discurso sobre a educação pública. Isto lhe assegurou um forte apoio popular. Alias, é o próprio Brizola que atribui sua vitória nas urnas ao seu projeto de erradicação do analfabetismo e de criação de escolas: “Foi meu plano de educação, de erradicação do analfabetismo e de criação de escolas em todo o estado, uma das principais razões de minha vitória eleitoral. Mobilizei o professorado, os pais e a mulher rio-grandense e, de um modo geral, as classes humildes, para participarem dessa cruzada redentora.”

 

O plano de governo previa erradicar o analfabetismo do Estado, principalmente em crianças com idade escolar de 7 a 14 anos. O governo constatou que haviam crianças que tinham dificuldade de chegar até as escolas existentes, muitas por morarem em zonas rurais. Foi feita uma pesquisa e a partir dos dados obtidos eram construídas escolas de acordo com a demanda específica de cada região. As escolas que funcionavam nas localidades distantes ficaram conhecidas como Brizoletas. O Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, revela o decreto No 11.594 de 12 de setembro de 1960 em que foram criadas 41 escolas rurais. Mas não só nas zonas rurais houve crianças em idade escolar beneficiadas. A secretaria com seus expedientes também trabalhavam em conjunto para, a partir dos levantamentos prévios, realizar reformas nas escolas da zona urbana. O historiador Moniz Bandeira faz um levantamento sobre a educação em todos os anos do governo Brizola. Segundo Bandeira, em 4 anos de administração Brizola foram criadas 5.902 escolas primárias; 278 escolas técnicas; 131, Ginásios, Colégios e Escolas Normais (magistério). Os números também dizem respeito as matriculas e a situação do professorado: 688.209 novas vagas e admissão de 42.153 professores. Com esse esforço do governo, o estado do Rio Grande do Sul foi considerado um dos estados que tinha melhor qualidade de ensino.

Se comparado com governos anteriores, a gestão de Brizola foi sem dúvida revolucionária na área da educação pública. Se antes uma das principais causas da evasão escolar era a distancia entre a escola e a casa das crianças, com o governo Brizola as escolas foram espalhadas pelas diversas localidades para atender e solucionar este problema. Outro dado importante é a contratação de professores. Ter uma educação de qualidade também se deve a capacitação dos docentes. E para atender uma nova oferta foi necessário um grande número de contratações.

 

Diante do cenário atual, todo candidato pelo PDT deve se apresentar com este embasamento histórico que mostra que é possível fazer muito quando se tem vontade política. Se não nos apresentarmos como alternativa na área educação pública cairemos no erro grosseiro se participarmos da História como coadjuvantes.

 

*Fábio Melo é Historiador. Secretário Legislativo da Juventude Socialista PDT RS, Secretário-Geral da Juventude Socialista PDT de Porto Alegre e membro da executiva da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini RS.

 

REFERÊNCIAS:

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO RIO GRANDE DO SUL. Perfis Parlamentares: Leonel Brizola. Porto Alegre, 2004. BANDEIRA, Moniz. Brizola e o Trabalhismo. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1979.

BODEA, Miguel. Trabalhismo e Populismo no RS. Porto Alegre: UFRGS, 1992.

BOEIRA, Nelson; GOLIN, Tau (Org.). República: da revolução de 1930 à ditadura militar (1930-1985). Passo Fundo: Méritos, 2007. vol. 4. (Coleção História Geral do Rio Grande do Sul).

DIÁRIO OFICIAL DO RIO GRANDE DO SUL. Setembro e Outubro de 1960.

GOMES, Angela de Castro. A Invenção do Trabalhismo. São Paulo: Vértice, 1988

MÜLLER, Geraldo. A Economia Política Gaúcha dos anos 30 aos 60. In: DACANAL, José Hildebrando; GONZAGA, Sergius (org.). RS: Economia e Política. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1979.

QUADROS, Claudemir. Brizoletas: a Ação do Governo de Leonel Brizola na Educação Pública do Rio Grande do Sul (1959-1963), 2001. 

PASQUALINI, Alberto. A Sociedade segundo o Trabalhismo. Rio de Janeiro: Diário do Congresso Nacional, 1951.

VARGAS, Getúlio. O Governo Trabalhista do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954.

JSRS venancio

No dia 8 de julho o Presidente Estadual da Juventude Socialista, João Henrique Cella, esteve na reunião da coordenadoria do Vale do Rio Pardo levando aos companheiros um mensagem de reflexão e debatendo o Rio Grande que queremos e em especial para os que mais precisam e citou como exemplo a recuperação economica de Portugal que investiu de forma forte em politica de investimento em aumento de salarios e investimentos em areas da economia e a garantia de direitos assegurados e por fim pediu empenho aos companheiros da região para fortalecer os nomes dos pré-candidatos do governo do Estado e a presidência da república.

Secretario de Comunicação da JSPDTRS Matheus Ourique

JS RS reuniao

Na manhã de hoje, 5 de julho, um grupo de estudantes (da UFRGS, PUC, e outras universidades) alunos dos curso de Economia, Engenharias, Ciências Sociais entre outros, participaram de um ato de filiação à Juventude Socialista e ao PDT.

Na ocasião foi lançada a semente dos comitês estudantis de apoio ao presidenciável Ciro Gomes.


Com a presença de dirigentes estaduais, municipais e nacional do PDT e da JS os novos companheiros foram recepcionados na Assembleia Legislativa pela Deputada Juliana Brizola, Flavio Zacher, pela Direção Estadual do PDT, Miguelina Vecchio, representando o PDT Nacional na Função de vice Presidente Nacional do PDT.

O ato denominado “Estudantes com Ciro Gomes” tem por objetivo colocar em prática o projeto nacional-desenvolvimentista, o projeto que o Brasil precisa. Fora Temer! Fora Sartori! Fora Marchezan!Brasil urgente,Ciro Presidente!

 

Fora Temer! Fora Sartori! Fora Marchezan!Brasil urgente, Ciro Presidente!

JS juli filia

 

JS Miguelina

Bri brizola

O dia 21 de junho tornou-se um símbolo para nós pedetistas. Mais do que a marca de falecimento de um dos maiores líderes que o Brasil já teve, é o momento de reforçarmos o legado deixado por ele. Leonel Brizola, foi cedo, mas deixou para nós uma herança inestimável. Como disse o jornalista Carlos Koleckza, o PDT perdeu seu mensageiro, mas não perdeu a mensagem.

Brizola foi um homem de fortes convicções e de uma trajetória irreparável pelos seus valores. Em sua retidão de caráter, o mesmo Brizola que deixou ainda jovem a pequena localidade de Cruzinha, em Carazinho, foi aquele que defendeu o nacionalismo até o último dos seus dias. Enfrentou as lideranças militares na defesa da Legalidade, quando uma ameaça de golpe tentou tirar Jango do poder na renuncia de Jânio Quadros em 1961. A Legalidade foi um marco na história brasileira e um orgulho para nós gaúchos.

Na luta pela sobrevivência em Porto Alegre, longe de sua família, lavou pratos, foi engraxate e ascensorista, enquanto lutava por uma vaga na escola agrícola. Desta experiência viu o quanto a Educação é importante para a construção de uma personalidade. Daí nasceu outra de suas grandes bandeiras, que o conduziram ao posto de administrador que mais construiu escolas nesse país. E foi dele também a primeira implantação da reforma agrária: o Banhado do Colégio.
Muito poderíamos citar sobre o que Brizola construiu, como Prefeito de Porto Alegre, secretário de Obras e Governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, além de sua vida parlamentar.

Mas fala por si só a imagem da multidão que trancou a avenida Atlântica de ponta a ponta, na manhã da posse do segundo governo do Rio de Janeiro. Queriam levá-lo em braços até o Palácio da Guanabara, num festejo que tomou conta de todas as ruas. Na sua partida, a comoção na Praça da Matriz e pelas estradas durante a condução do féretro até São Borja também resumem a importância de tudo que ele semeou.

O PDT e os brizolistas homenageiam nesse, 21 de junho pela marca do falecimento de um dos maiores homens e políticos que o Brasil já teve. Em um momento em que a corrupção perpassa nossas instituições por todos os cantos do país, em que a Educação deixou de ser prioritária, revigoramos nossas convicções de que, a melhor homenagem que podemos fazer, é reforçarmos suas bandeiras para a construção de um país digno, solidário e justo para todos.

A maior homenagem que um governante pode fazer a Leonel Brizola é a implementação de CIEP’S. Nem avenidas, ruas, viadutos, praças ou parques com seu nome podem superar a libertação do povo brasileiro.

Acreditamos neste país, queremos ajudar e, acima de tudo, ser protagonistas da história. Queremos um melhor investimento na Educação, pois através disso é possível mudar.

Independente de partidos políticos, Brizola sempre será o maior exemplo para os políticos do nosso país. O que falta, portanto, é que esses parlamentares não fiquem somente aplaudindo os méritos de Brizola, mas também façam por merecer o voto da população.

Viva Brizola, Viva Che e viva a Juventude Socialista do PDT!

João Henrique Cella
Presidente Estadual
JSPDT/RS

JS ibiaca

Primeiro encontro de formação Politica da Juventude Socialista de Ibiaça

No ultimo dia 15 de junho a JSPDT/Ibiaça, organizou na sede do Palmeirinhas sua primeira formação politica onde, na ocasião foi convidado o prefeito da região Felippe Riet de Capão Bonito do Sul que falou da sua experiência como gestor a frente da prefeitura, e de como o gestor tem que fazer para realizar as obras que são necessárias, também na ocasião falou o presidente estadual da Juventude Estadual João Henrique Cella, abordou o tema o papel do juventude dentro do PDT e na sociedade e de como ela deve ser protagonista, na ocasião esteve presente o presidente do PDT municipal, secretario de educação do município, companheiro histórico de lutas e vereador Piana e também o vice presidente da JSPDT/RS Mateus Brizola.

Por fim o presidente da JSPDT/Ibiaça Junyor Molossi agradeceu a todos pela participação e que mais atividades serão realizadas na gestão.

 

js camposborges

Dando sequencia ao roteito pelo interior do estado na tarde de ontem foi realizado o primeiro encontro dos jovens do ano de 2017 em Campos Borges.

Filiados e simpatizantes do PDT estiveram reunidos com a intenção de reorganizar a diretoria. Na ocasião contamos com a presença do ex prefeito de Jacuizinho Gilson de Brum, João Henrique Cella e Mateus Brizolla membros diretoria da juventude socialista do Rio Grande do Sul.

Agradecemos à todos os presentes que nos ajudaram a realizar esse evento.