pdt axe viamao

Na foto da esquerda para direita Iya Dany de Oxum, Flavio de Bará, Babá Phil, Babá Maiquel, Raika Severo.

 

Ante a atual conjuntura e história do país, sabemos o quanto a politica é importante para todas os cidadãos, já dizia Aristóteles: “O homem é por natureza um animal politico, tem primeiro na família sua socialização e garantia da manutenção da vida em seus aspectos financeiros e educativos, mas é na Polis que se realiza plenamente, encontrando no fiel cumprimento das leis a justiça, dado que só podemos ser felizes no exercício da justa medida, ou seja, sendo prudentes e encontrando o meio termo em nossa ações” e, para os povos tradicionais de matriz africana, não é diferente.
Diante disso, autoridades e lideranças tradicionais de matriz africana, mantenedores desta tradição, a cada dia se organizam mais e mais para ocuparem seus espaços de direito frente ao sistema politico vigente e dentro dos partidos.
No PDT, muitos encontraram esse espaço preparado para recebê-los de braços abertos ao Movimento axé do Partido Democrático Trabalhista que carrega no seu seio e história o respeito e a luta em favor dos direitos da população negra e todo o legado dos seus ancestrais.
Em Viamão, esse movimento, então, indica ao partido 5 nomes que se coloram à disposição para ocupar essa fileira de luta para juntos, ajudarem a pensar uma cidade melhor não só para os POTMA, mas para toda a população.
Esse é o PDT axé, preservando os valores de Leonel Brizola, Abdias Nascimento e todos os nossos ancestrais.
Axé

 

 

 

 

negro e axe

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Venâncio Aires instalou mais dois Movimentos de representação social no município. Depois da Ação da Mulher Trabalhista (AMT), que debate políticas públicas para as mulheres e da Juventude Socialista, voltada para a participação dos jovens, os movimentos Negro e Axé são oficializados com a instalação de Comissões Provisórias e Diretoria.

De acordo com o presidente do partido e pré-candidato a prefeito, Jarbas da Rosa, os dois movimentos têm origem através de integrantes da própria sigla que identificaram a necessidade da condução de suas propostas e políticas específicas de representação. “O PDT foi o primeiro partido brasileiro a criar uma estrutura interna dedicada à luta contra a discriminação racial. Nosso partido também incentiva candidaturas afro-brasileiras, a busca pela representatividade e o respeito a todas as manifestações culturais e religiosas”, ressalta Jarbas da Rosa.

 

Em uma de suas lives semanais no Facebook, Jarbas entrevistou a presidente da Comissão Provisória do Movimento Negro, Aline dos Santos, e a vice-presidente, Luciana da Silva. As duas destacaram a importância da representatividade negra nos ambientes públicos e de políticas de inclusão. Para elas, é preciso falar sobre o assunto para desvendar condutas racistas que persistem em todas as camadas da população.

Diferente do Movimento Negro, que atua exclusivamente em defesa da raça negra, o PDT Axé destina-se a agir em pautas que envolvam povos de qualquer matriz africana, os chamados povos de Axé. “O movimento PDT Axé tem um papel importantíssimo pelo seu pioneirismo em defender um setor da sociedade que carece de representação. Os povos de axé sofrem ataques o tempo topo, principalmente pelo preconceito e desconhecimento”, explica o presidente da comissão provisória local, Everson Carlos da Cruz.

Comissão Movimento Negro

  • Presidente: Aline Daniele dos Santos
  • Vice-presidente: Luciana da Silva
  • Secretário Geral: Raul Senna
  • Segunda Secretária: Luciana Andréia dos Santos
  • Tesoureira: Fabiola Daniela Fagundes
  • 1º Vogal: Felipe Daniel da Rosa
  • 2º Vogal: Vitória da Silva Nunes

Comissão PDT Axé

  • Presidente: Everson Carlos da Cruz
  • Vice-presidente: José Luís do Nascimento
  • Tesoureiro: Altemar Douglas Lourenço
  • Secretária: Greice Kelly dos Santos
  • Vogal: Eliane Suelen Tormann Alves

Fonte: Prefeitura

 

PDT Axe

Em São Leopoldo, aconteceu a Convenção Estadual do PDT-AXÉ, no último dia 27, na sede do Diretório municipal do partido. Na ocasião, foi realizada a cerimônia de posse da Diretoria Executiva Estadual do Movimento.

Durante o encontro, o presidente estadual do PDT-RS, deputado federal Pompeu de Mattos, afirmou: “O PDT AXÉ nasceu na espontaneidade, nasceu do sentimento, da originalidade das nossas religiões, da nossa identidade de matriz africana, para mostrar que nós do Brasil somos laicos”.

Participaram do encontro: o deputado federal Pompeu de Mattos; Ary Vanazzi (PT-RS), prefeito de São Leopoldo; os vereadores Ary Moura, Fabiano Haubert e Juliano Maciel ; a presidente estadual do PDT-AXÉ Mãe Andréia de Oxum (Andréia Thruller), o vice-presidente do Movimento Negro Estadual, Pai Giovani de Oxalá (Giovani Rodrigues); além de outras autoridades.

A cerimônia contou com apresentações do Grupo Afro Abayomi. A abertura se deu com rezas ritualísticas da equipe Batuque do RS, onde foram entregues rosas vermelhas simbolizando a união do PDT com o povo de Axé.

 

logo PDT axe

 

A história do PDT AXÉ

O PDT Axé nasce no aniversário de 25 anos do PDT, nas mãos do nosso grande líder Leonel Brizola, mas não vai muito adiante pois nosso povo de axé não aderiu.
Em torno de 15 anos atrás tenta-se outra vez montar o PDT Axé, e novamente não vai em frente.

O nosso Presidente Nacional Carlos Lupi, com o sonho de ver este movimento firme e vivo dentro do PDT, em 2019 monta um time de amigos com este objetivo. Convida então, para presidir a pasta PDT Axé a nível Nacional, o companheiro Marcelo Monteiro e lhe dá a incumbência de montar o PDT Axé em todo o Brasil; a chamar o povo de axé para fazer parte do PDT com toda liberdade e direito de lutar pelo nosso povo, pelo nosso sagrado e nossa tradição.

Hoje, o PDT Axé está em quase todos os 27 estados brasileiros inclusive no Rio Grande do Sul se organizando e se preparando para lançar pela primeira vez na história do Brasil, em um único partido em todo o Brasil candidatos (vereador, vice prefeito e prefeito) de várias vertentes das religiões de matriz africana e afro brasileira.

Os principais objetivos do PDT AXÉ

- Mostrar que nosso povo de axé e de axé tem condições de ocupar qualquer cargo público seja em qual poder for.
- Lutar pelos direitos dos povos tradicionais de matriz africana.
- Lutar pelo respeito ao nosso sagrado e tradição.
- Lutar para que a constituição e carta Magna do Brasil sejam respeitadas. (onde nossos direitos estão garantidos).
- Lutar pelo avanço de políticas públicas para os POTMA.
- Lutar pelo empodeiramento das mulheres da tradição de matriz africana
- Lutar pelo respeito a diversidade .
- Lutar pela saúde pública e educação para nosso povo de axé.
- Lutar para formar dentro de nossos terreiros jovens e crianças preparados para o enfrentamento na luta contra qualquer tipo de preconceito e intolerância.

Estes são alguns dos motivos de estarmos no PDT AXÉ RS e vestirmos a camisa de n° 12, o PDT de Leonel Brizola, Carlos Lupi e de Ciro Gomes.
Estas lutas se farão nas urnas nestas eleições municipais de 2020. Por tais motivos convidamos você meu irmão e irmã, dirigente espiritual de todas as nações, a virem se filiar no PDT AXÉ RS em sua cidade.

Estamos cansados de sermos usados, enganados e de sermos tratados como um nada por políticos e partidos e principalmente por este atual governo federal que se desfaz da constituição, que não respeita os POVOS TRADICIONAIS, o trabalhador, a mulher, a diversidade, os jovens, a educação, a saúde e o meio ambiente; e insiste em vender tudo o que é de nosso povo para os países estrangeiros. Chega de ficarmos calados e omissos a tanta falta de respeito pelo nosso povo e por nosso sagrado.

Chega! Agora temos um partido que nos abre as portas e nos dá direito de lutar por uma justiça social séria e honesta, e de lutar pelo nosso povo de axé, e principalmente que nos respeita e respeita nosso sagrado.

Estes são hoje os motivos para você meu irmão e irmã vir para o PDT AXÉ RS.

Muito obrigado e a benção de todos e todas.
Mãe Andréa de Oxum
Vice-Presidente nacional e Presidente Estadual do PDT AXÉ RS
Tel (51) 9 8141-8031