Jairo Jorge apresenta programa de governo
 

lancamento propostas jairo jorge
Convergência de ideias e soluções inovadoras para o Estado, aprovadas por 77% dos moradores de Canoas.

Assim é o programa de governo do candidato a governador, Jairo Jorge, da coligação composta por PDT, PV, Solidariedade, Podemos, Avante, PPL e PMB, apresentado oficialmente aos apoiadores na noite desta terça-feira, 28 de agosto, na sede estadual do PDT em Porto Alegre.

O programa de governo tem como conceito cinco trilhas, que se juntam a dez iniciativas e mais 50 pontos convergentes que visam à retomada do crescimento e da qualidade de vida no Rio Grande do Sul. Jairo Jorge acredita na liderança, responsabilidade, humanidade, inovação e crescimento como pilares de sua proposta para o Estado, citando ações e projetos específicos para enfrentar os problemas que atingem os gaúchos.

O pedetista defende a redução de 17 para 10 secretarias, com a simplificação dos processos visando à redução de hierarquias e desburocratização para que o Estado tenha maior celeridade no atendimento ao cidadão, inclusive na liberação de licenças para empreendimentos e instalação de novos negócios.

Para que o Estado volte a crescer, Jairo Jorge defende a implementação da Lei do Gatilho, um mecanismo que reduz a alíquota conforme o aumento da arrecadação. Em Canoas, essa medida triplicou a arrecadação. O pedetista quer coloca-la em prática no RS já em 2019, com a redução do ICMS para 17,75%, e do combustível para 29%. A expectativa é que mais negócios deixem a informalidade e que outros tantos venham a se instalar no Estado com essa redução da carga tributária, e com isso o Governo recupera o poder de investimento.

“Estou propondo aquilo que sei que dá para fazer, pois fiz e deu certo em Canoas”, disse.

Para atender os gaúchos do interior, muitas vezes esquecidos ou deslocados para atendimentos na Capital, Jorge Jorge quer um governo regionalizado, que esteja presente em todos os rincões, com escritórios de governança nas mesmas localidades do COREDES.

“Essa regionalização vai chegar aos serviços de saúde, com a oferta de exames, consultas com especialistas e internações nestas regiões, desafogando assim os hospitais de Porto Alegre, com o investimento e apoio às unidades existentes no interior”, aponta.

Inspirado em Leonel Brizola, também do PDT, Jairo Jorge defende a 2ª revolução educacional, que contemple mais escolas de turno integral que serão custeadas com o lucro do Banrisul, banco que continuará pertencendo aos gaúchos e fundamental para o Fundo da Educação que Jairo Jorge pretende criar para financiar melhorias nessa área.

Aplaudido em diversos momentos pelo público presente, Jairo Jorge falou ainda sobre economia sustentável, valorização da UERGS como universidade corporativa para qualificar os servidores do Estado, o projeto “Futuro no Campo”, que vai manter os jovens nas áreas rurais, e reforçou a importância de políticas públicas para as mulheres, LGBTS, negros, e demais minorias. “Queremos um Governo paritário, pois quando a mulher está fora da construção da política pública, nós só temos um olhar”, afirmou o candidato.

Acesse aqui o programa de governo completo.