Eleição para a FAMURS 2019

convencao 2017

Convenção define Executiva Estadual do PDT para o biênio 2017/2019

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Rio Grande do Sul reelegeu, na manhã deste sábado (16/12), o deputado Pompeo de Mattos como o seu presidente regional. Também foi renovado o Diretório Estadual para o biênio 2017/2019, com uma nominata de 236 titulares, mais o líder da bancada estadual e 113 suplentes. O comando partidário, com chapa única, recebeu a aclamação dos delegados presentes e será responsável pela condução da campanha eleitoral de 2018, que definiu o ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge, como seu pré-candidato ao Piratini, em pré-convenção no dia 5 de outubro passado.

Em sua manifestação, Jairo Jorge destacou o trabalho que está realizando desde fevereiro para diagnosticar as dificuldades e as potencialidades dos municípios gaúchos. “Já visitamos 304, das 497 cidades do Estado, e vamos chegar à totalidade, porque essa é uma tarefa básica para quem quer ser governador”, disse, sob os aplausos das lideranças pedetistas, que a exemplo da pré-convenção, realizada em 5 de outubro passado, mais uma vez lotaram o plenário Otávio Rocha, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

Jairo Jorge afirmou, ainda, que pretende fazer uma campanha propositiva e com debate qualificado. “Não vamos atirar pedra em ninguém. Vamos, sim, usá-las para construir um caminho de unidade para tirar o Rio Grande do Sul da atual crise”, projetou. O pré-candidato do PDT lembrou também que os gaúchos não estão dispostos a apostar no passado recente, muito menos em uma aventura como a que está acontecendo em Porto Alegre. “O PDT tem história, raízes profundas; temos lado, o lado das professoras, dos brigadianos e policiais civis, dos agricultores, dos trabalhadores do campo e da cidade, dos pequenos, médios e grandes empresários. Nosso lado é o Rio Grande como um todo, sem distinções, mas com a coragem para tomar as medidas necessárias para recolocar o Estado no patamar em que deveria estar, no topo dos indicadores econômicos e sociais do país.

Ao finalizar, Jairo citou os nomes de Vieira da Cunha e Romildo Bolzan Jr. para integrar a chapa majoritária, na disputa por uma vaga no Senado Federal. Pediu a unidade do partido ao destacar que os inimigos do trabalhismo conhecem bem o potencial do PDT para vencer as próximas eleições, não apenas no Rio Grande do Sul, mas no Brasil, tendo à frente o ex-governador do Ceará Ciro Gomes.

Representando o Diretório Nacional do PDT, a vice-presidente Miguelina Vecchio reconheceu que o partido vive um novo momento em relação à participação das mulheres. Elogiou a composição da nominata, na qual 30% das indicações foram para as companheiras pedetistas. Ressaltou que a campanha será difícil, mas que com o esforço de cada militante o partido terá a energia necessária para vencer a eleição.


Pompeo de Mattos agradeceu a participação dos 600 convencionais presentes e afirmou que o partido vive um bom momento. “Estamos palmilhando o Rio Grande para mobilizar nossas companheiras e companheiros para o desafio que temos no ano que vem. Juntos, vamos fortalecer a nossa chapa majoritária e também construir uma forte nominata para a Assembleia e Câmara Federal”, ressaltou. Participaram do ato convencional, deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e lideranças dos mais diversos movimentos partidários.

Executiva eleita

Presidente: Pompeo de Mattos
Vice-presidente: Ciro Simoni
1º vice-presidente: Jairo Jorge
2ª vice-presidente: Salete Beatriz Rozskowski
Secretária-geral: Miguelina Veccio
1ª secretária: Tânia Feijó
2º secretário: João Cella
Tesoureiro geral: Flávio Zacher
1º tesoureiro: Artur Souto
2º tesoureiro: Giovani Garcia
Assessor Jurídico: Dr. Lieverson Perin
Consultor Jurídico: Christopher Goulart
1º vogal: Afonso Motta
2ª vogal: Nádia Pacheco
3º vogal: Eduardo Loureiro
4º vogal: José Scorsatto

Líder da bancada: Deputado Gilmar Sossella
Líder do Partido: Deputado Ciro Simoni
Vice-presidente para a Região Metropolitana: Márcio Bins Ely
Vice-presidente do Interior: Carlos Cardinal

O PDT
Organizado em todo território gaúcho, 37 coordenadorias regionais o PDT possui, hoje, mais de 200 mil filiados em todo o Estado. Ao todo, no Rio Grande do Sul, o partido conta com 78 prefeitos e 82 vice-prefeitos e mais de 700 vereadores. O trabalhismo gaúcho, representado pelo PDT, já governou o Rio Grande do Sul em três oportunidades, com Getúlio Vargas, de 1928 a 1930, com Ernesto Dornelles, de 1951 a 1955, com Leonel Brizola, de 1959 a 1962 e com Alceu Collares, de 1990 a 1994.

Jornalista Milton Gerson
(Reg.Prof. 6539)

Fones: (51) 98423.4199
(51) 99403.3773