Eleição para a FAMURS 2019

LOU 216318 G

Editado em 24 de novembro do ano passado, o decreto que trazia novas exigências e proibições na venda de carne temperada, fracionada e recheada em açougues e mercados foi suspenso pelo governo do Estado nesta sexta-feira, dia 23, conforme portaria no Diário Oficial. Para o deputado Eduardo Loureiro (PDT), a medida é acertada, já que pequenos e médios estabelecimentos estavam tendo dificuldades em se adaptar às novas regras.

Loureiro observa que aqui no Estado existe uma tradição muito forte de comercialização de carne temperada em açougues e mercados, setor que gera muitos empregos e vinha sendo prejudicado. “Era um assunto que me preocupava bastante, por isso saúdo a sensibilidade do governo em ouvir nossas justificativas. O tema, inclusive, vai suscitar a realização de audiência pública na Assembleia Legislativa, conforme requerimento aprovado na Comissão de Assuntos Municipais, da qual presido”, acrescentou. Conforme o decreto desta sexta-feira, a Secretaria da Saúde irá normatizar o tema em novas portarias a serem editadas.